Município VerdeAzul…

EM SOLENIDADE REALIZADA NO PALÁCIO DOS

BANDEIRANTES RUBINEIA MELHORA 30 POSIÇÕES NO

RANKING E CONQUISTA A 30ª COLOCAÇÃO NO PMVA/17

Na tarde de quarta-feira, 13/12, o vice-governador Márcio França anunciou o Ranking Ambiental 2017 do Estado de São Paulo. A divulgação foi feita durante a solenidade em comemoração aos 10 anos do PMVA – Programa Município VerdeAzul. E a classificação deste ano foi para apenas os 48 municípios que conseguiram atingir nota superior a 80 pontos. Em 2017 houve novidades para os municípios que aderiram ao PMVA, como duas pré-certificações, que aconteceram em junho e setembro, além da participação nos encontros do Ambiente Móvel.

O IAA – Indicador de Avaliação Ambiental é publicado para que o poder público e toda a população possam utilizá-lo como norteador na formulação e aprimoramento de políticas públicas e ações sustentáveis. O primeiro Ranking Ambiental do PMVA foi anunciado em 2008, com a certificação de 44 municípios. O último foi feito em 2016 e certificou 78 municípios, no qual Rubineia ocupou a 60ª posição. Neste ano Rubineia obteve 82,36 pontos subindo 30 posições se classificando na 30ª posição entre os 48 municípios certificados, com Novo Horizonte ocupando a 1ª colocação e Fernandópolis em 2º. São José do Rio Preto ficou em 14º com 87,59; Santa Fé do Sul em 28º com 83,04; Santa Clara d’Oeste na 132ª com 56,11; São Paulo na 187ª com 43,86; Santa Rita d’Oeste na 339ª com 35,14; Três Fronteiras na 339ª com 16,05; Jales na 439ª com 9,4; Nova Canaã Paulista na 446ª com 9,17 e Santana da Ponte Pensa na 552ª com 6,63 de pontuação.

O Programa Município VERDEAZUL, que completa 10 anos de existência, se tornou referência para a Comunidade Europeia. O vice-governador destacou que São Paulo é um Estado referência na área ambiental. “Mesmo sendo o estado mais populoso da União, São Paulo detém quase 20% da mata nativa original. E, somos um dos estados mais desenvolvidos do mundo”, destacou Márcio França que estava acompanhado dos secretários, Maurício Brusadin (Meio Ambiente) e Arnaldo Jardim (Agricultura e Abastecimento), que destacaram o trabalho do coordenador do PMVA, José Walter Figueiredo Silva sobre o ranqueamento e resultado da avaliação técnica das informações fornecidas pelos municípios. Que são critérios pré-estabelecidos de medição da eficácia das ações executadas.

A gestora de Meio Ambiente, Luciana Ignotti, visivelmente emocionada pela conquista, falou da premiação: “ninguém conquista ou realiza nada sozinho. E este certificado é resultado do apoio especial da administração Cidão/Francis, além de muito trabalho realizado junto com parceiros apoiadores como o Carlinhos (Turismo) e Preto Rossafa (engenheiro agrônomo), e dos conselheiros ambientais, que sempre estiveram comigo nos momentos mais complicados na busca por solução. Mais o melhor de tudo é que esta certificação reconhece a boa gestão ambiental municipal credenciando e garantindo à prefeitura prioridade na captação de recursos do FECOP – Fundo Estadual de Prevenção e Controle da Poluição”, enfatizou Luciana. E o prefeito Cidão Goulart acrescentou: “estou feliz por mais essa grande conquista, e, em função dela acabamos de assinar convênio com a FECOP, no valor de R$ 230 mil, para aquisição de um caminhão compactador de lixo. Encerro parabenizando Luciana, conselheiros e apoiadores, pelo belo trabalho realizado em prol do meio ambiente de Rubineia”, pontuou Cidão.

As ações propostas pelo programa, em 2007, compõem as dez diretivas norteadoras da agenda ambiental local, abrangendo os seguintes temas estratégicos: Esgoto Tratado, Resíduos Sólidos, Biodiversidade, Arborização Urbana, Educação Ambiental, Cidade Sustentável, Gestão das Águas, Qualidade do Ar, Estrutura Ambiental e Conselho Ambiental.

Compartilhar